802.11ax

O que é o Wi-Fi 802.11ax?

Wi-Fi experiences a seismic change approximately every five years – and 802.11ax is the latest generation of Wi-Fi that bridges the performance gap towards ten gigabit speeds. The new Wi-Fi standard will deliver faster network performance, connect more devices simultaneously and transition Wi-Fi from a ‘best-effort’ endeavor to a deterministic wireless technology that has become the de-facto medium for internet connectivity. With an expected four-fold capacity increase over its 802.11ac Wave 2 predecessor, 802.11ax deployed in dense device environments will support higher service-level agreements (SLAs) to more concurrently connected users and devices with more diverse usage profiles.

Paper dos destaques em tecnologia da IDC

Avaliação do novo padrão Wi-Fi 802.11ax e o que isso significará para as empresas. Leia mais (em inglês).

O 802.11ax oferece um conjunto de melhorias técnicas para otimizar a eficiência espectral, aumentar o tráfego e reduzir o consumo de energia. Elas incluem:

OFDMA e MU-MIMO

O acesso múltiplo por divisão de frequência ortogonal (OFDMA) e o múltiplos usuários dentro e fora (MU-MIMO) são técnicas que aumentam a confiabilidade e a eficiência no espectro não licenciado do Wi-Fi. Ao contrário das gerações anteriores do Wi-Fi, o OFDMA permite que o Wi-Fi se torne determinístico, já que os dispositivos recebem mais atenção de maneira contínua com o mínimo de conflito. Isso ajuda a estabilizar o desempenho do Wi-Fi, especialmente em ambientes com maior densidade.

Cada canal Wi-Fi é dividido em subcanais menores conhecidos como Unidades de recursos. O AP decide como alocar os subcanais, já que cada RU (ou subcanal) individual pode ser endereçado a diferentes clientes servidos simultaneamente. Esta técnica melhora o tráfego médio (por usuário) ao criar um subcanal mais estreito, embora dedicado. Além disso, o OFDMA aumenta a eficiência espectral e reduz a latência, ainda que ofereça suporte a usuários heterogêneos (por exemplo, IM, e-mail ou navegação leve na Web versus grandes downloads).

É importante notar que o OFDMA e o MU-MIMO proporcionam técnicas complementares para servir a vários usuários ao mesmo tempo. De maneira mais específica, o OFDMA é melhor usado quando várias conexões transmitem quantidades limitadas de dados. O OFDMA que é eficaz em todos os alcances – curto, médio e longo – oferece baixa latência e pode ser usado para mitigar problemas de interferência com OBSS. Entretanto, o MU-MIMO serve melhor a vários usuários com tráfego de buffer completo e é mais eficaz a curto a médio alcance.

Uplink MU-MIMO

No 802.11ax, o OFDMA e o MU-MIMO são suportados para downlink (do AP para as estações) e uplink (das estações para o AP). Deve ser observado que o AP agenda as transmissões nas duas direções. Isso se contrapõe às redes anteriores ao 802.11ax (especialmente na direção do uplink), onde a alocação de recursos é baseada no conflito, com estações individuais tomando a decisão de se apropriar do meio e transmitir os dados. A medida que o número de estações aumenta, o conflito também aumenta.

Espaçamento da suboperadora e melhorias de MAC/PHY

No 802.11ax, o espaçamento da suboperadora é reduzido, assim permitindo um salto de 4X no número de tons de dados disponíveis e aumentando de maneira relevante as taxas máximas de PHY. Além disso, os tons de dados adicionais ajudam a oferecer suporte a vários usuários em conjunto com o OFDMA. O 802.11ax também otimiza a eficiência espectral com mais tons/canal, reduz o desperdício, reforça a operação externa e facilita um salto quântico para as taxas mais altas possíveis de PHY. Além disso, os APs do 802.11ax mantêm dois vetores de alocação de rede (NAVs) separados para evitar o mau comportamento e as colisões. Por último, mas não menos importante, o 802.11ax apresenta uma constelação 1024-QAM (em contraste com a 256-QAM do 11ac), o que permite um aumento de 25% na taxa de dados física que combinado a outras técnicas do 802.11ax oferece até 4x a capacidade.

Horário de despertar específico

Introduzido pela primeira vez no padrão IEEE 802.11ah, o horário de despertar específico (TWT) permite agendar horários para adormecer e ligar (despertar), junto com horários de despertar negociados previamente entre o AP e os clientes para evitar conflito no ar entre os dispositivos do cliente. Isso ajuda a tornar o uso de ar mais eficiente e melhora a duração da bateria dos dispositivos do cliente.

Blog da Ruckus
802.11ax fundamentals: Target Wake Time (TWT)
Let’s talk about Wi-Fi and the 2022 World Cup
Connecting smart cities with 802.11ax APs
Ruckus targets ultra-high-density Wi-Fi deployments with R730 AP
eSports Wi-Fi FTW!
Vídeos

802.11ax 

Tecnologias sem fio gerais

O que significa:

802.11ax é o mais recente padrão Wi-Fi IEEE sem fio. Este novo padrão traz avanços significativos em diversas vertentes.  Ele expande as técnicas de várias entradas e várias saídas (MU-MIMO) para transmitir simultaneamente em até oito streams, comparativamente, o 802.11ac Wave 2 transmite em até quatro streams. Além disso, ele utiliza o MU-MIMO com tecnologia OFDMA (multiplexação por divisão de frequências ortogonais, Orthogonal Frequency Division Multiple Access em inglês) permitindo que cada stream MU-MIMO seja dividido em quatro streams adicionais, melhorando a capacidade média por usuário em quatro vezes.

A introdução da nova modulação e conjuntos de códigos com 1024-QAM permite que mais dados sejam transmitidos por pacote, resultando em uma capacidade aprimorada. Eles também melhoram a eficiência geral física e de camada MAC e melhora o gerenciamento de carga de bateria.

Se o padrão anterior era como uma grande fila de clientes em um mercado esperando por um único caixa, o MU-MIMO aumentou o número de caixas para quatro, possibilitando a criação de quatro filas de clientes no 802.11ac. O 802.11ax aumentou esse número para oito caixas, atendendo a oito filas de clientes. Com o OFDMA, agora o caixa tem a capacidade de atender vários clientes ao mesmo tempo quando estão livres. É como se o caixa fosse capaz de atender o próximo cliente, caso o primeiro decida voltar para pegar outro produto.

Por que isso é importante:

O Wi-Fi agora está sendo instalado em estádios lotados ou em aeroportos movimentados com centenas de milhares de dispositivos disputando largura de banda, o que é algo desafiador para o padrão 802.11ac atual. O 802.11ax aumentou a capacidade média por usuário em 4 vezes em cenários de alta densidade.

O mais novo padrão combinado com o Pacote de tecnologia de densidade muito alta da Ruckus permitirá que você ofereça a melhor experiência possível para o usuário final.